Descomplicar o Email Marketing: As melhores práticas

Ao contrário do que muita gente pensa, o Email Marketing é uma ótima estratégia para envolver e converter leads em Clientes B2B. Na realidade, 77% dos profissionais preferem ser contactados através do email, mais do dobro do que qualquer outro canal.

No entanto, para alcançar resultados expressivos com esta estratégia é essencial adotar boas práticas que otimizem a eficácia das suas campanhas.

Vamos a isto?

Quais são as vantagens do Email Marketing?

Sabia que 99% dos possíveis Clientes consultam o seu email diariamente? E mais! Segundo a Hubspot, é considerado o meio favorito para receber atualizações das marcas.

O Email Marketing é uma ferramenta poderosa, capaz de levar a sua empresa B2B ao sucesso. Mas, afinal, o que é que esta estratégia traz de benéfico?

  • Personalização do conteúdo:a estratégia permite ajustar o conteúdo de acordo com as preferências e comportamentos dos destinatários, tornando as mensagens mais pertinentes e adequadas;
  • Reforço da relação com a audiência: o Email Marketing aprimora a comunicação com o seu target. Com esta estratégia, pode ouvir a sua audiência, fornecer-lhe o conteúdo apropriado e cultivar a sua fidelidade;
  • ROI (Return on Investment) alto: esta estratégia tem um retorno financeiro substancial, visto ter custo baixo e potencial de gerar lucro alto;
  • Geração de tráfego para o Website: as campanhas de Email Marketing são uma ótima forma de levar mais pessoas ao seu Website, uma vez que pode ligar diretamente às páginas desejadas.

As boas práticas do Email Marketing

Segmentação precisa

É importante segmentar a sua lista de contactos de forma precisa. Divida os leads em grupos com base em critérios como setor, cargo, tamanho da empresa e interesses. A segmentação possibilita enviar conteúdo relevante e personalizado, aumentando a probabilidade de ter um bom engagement.

Segundo um estudo de Email Marketing do SuperOffice, uma campanha segmentada obteve uma taxa de abertura de 94% e uma taxa de cliques  (CTR) de 30%, enquanto uma campanha não segmentada alcançou apenas 42% de taxa de abertura e uma taxa de cliques de 4,5%. Incrível, não é?

Conteúdo relevante e valioso

O conteúdo é a espinha dorsal de uma campanha de Email Marketing bem-sucedida. Desenvolva conteúdo que resolva as dores do seu target – isto vai ajudá-lo a nutrir a sua base, aumentar a confiança, impulsionar as conversões e reduzir os cancelamentos de subscrições.

Um assunto cativante

O assunto é o primeiro ponto de contacto com os destinatários. Aliás, 47% das pessoas abrem emails com base no assunto. Este deve ser cativante, direto e intrigante, tendo sempre em conta a personalização. Evite gatilhos de spam e opte por assuntos que incentivem à abertura do email.

Call-to-Action atrativo

Cada email deve ter um ou mais CTAs (Call-to-Action) claros e direcionados. Seja específico sobre o que deseja que o utilizador faça, como por exemplo, agendar uma reunião, fazer o download de um material ou entrar em contacto com a sua empresa. Utilize sempre botões de CTA visualmente distintos e textos persuasivos!

Responsividade e design limpo

Os seus emails devem ser otimizados para dispositivos móveis e desktops. 88% dos utilizadores de smartphones consultam a caixa de entrada do email nos seus telemóveis – se a sua campanha não se adequa a este formato, pode não ter os resultados esperados, concorda?

É importante que utilize um design limpo e responsivo, que garanta a legibilidade e navegação fácil em todos os ecrãs.

Frequência e consistência

Encontre um equilíbrio na frequência de envio de emails. Não seja invasivo, mas também não se sujeite ao esquecimento! Planear com antecedência as suas campanhas vai ajudá-lo a controlar os disparos de Email Marketing.

Testes A/B

Realize testes A/B regularmente, de modo a otimizar as suas campanhas. Teste diferentes assuntos, CTAs, imagens e horários de envio. Desta forma, consegue identificar o que funciona melhor para a sua audiência.

Métricas e análise

Acompanhe métricas como a taxa de abertura, de cliques, de conversão e cancelamento de subscrição. Analise os resultados para avaliar o desempenho das suas campanhas e fazer ajustes conforme necessário.

Métricas e análise

É essencial que respeite as regulamentações de privacidade como o RGPD (Regulamento Geral de Proteção de Dados). Como? Inclua opções claras para o cancelamento de assinatura e forneça informações de contacto válidas.

O Email Marketing B2B continua a ser uma ferramenta poderosa para construir relações, gerar leads e impulsionar as vendas. Ao implementar estas boas práticas, vai estar bem equipado para criar campanhas impactantes, que ressoam com o seu público-alvo e trazem resultados consistentes. Está preparado?

Dicas de leitura

Estratégia Blended Marketing: Como ter o melhor dos dois mundos Já lá vão os dias das estratégias focadas apenas no online ou …

Inteligência Artificial: Saiba como personalizar a experiência do Cliente B2B A Inteligência Artificial é uma das tecnologias mais disruptivas dos últimos tempos …

Employer Branding: Já está a utilizar as redes sociais para captar e reter talento? Employer Branding: Captar e reter talento atualmente é …

Transformação Digital do Marketing: Processos, Tecnologia e Pessoas Nos últimos anos, a transformação digital tem sido uma questão incontornável. Hoje, quase todas …

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top